14 de janeiro de 2013

Finalmente o Millet!

Se eu fizesse uma tabela das receitas mais pedidas, o millet ou milho paínço, viria sem dúvida em primeiro lugar.
De facto este cereal não é usado muito por cá, mas penso que é só uma questão de hábito porque é bastante saboroso, muito versátil e uma vez aprendendo a cozinhá-lo é só dar asas à imaginação.

Normalmente o que mais decepciona as pessoas quando fazem millet é acharem que ficou espapaçado.  Realmente é fácil que isso aconteça porque os grãos são muito pequenos, mas fazendo um pequeno truque que vou ensinar e utilizando a quantidade correcta de água, vai ficar com um millet soltinho.

A outra questão é " e o que é que eu posso fazer com isto?".
Fácil, pode usá-lo como se fosse arroz: simples, com cenoura, com brócolos  com ervilhas, doce... até pode fazer uma papinha deliciosa para o pequeno almoço!



Peço desculpa mas não consigo resistir a falar destes grãozinhos,  já que são muito interessantes para o nosso aparelho digestivo. São dos poucos cereais alcalinos sendo uma óptima ajuda para o nosso estômago, além disso, digerem-se muito facilmente e não têm glúten, o que os torna aptos para dar aos bebés bem pequeninos ou para quem tem problemas digestivos.


Millet Simples
(para 2 a 3 pessoas)

1 chávena de millet
3 chávenas de água
sal
1 colher de chá de azeite
coentros q.b.

Coloque uma frigideira anti-aderente a aquecer. Quando estiver bem quente coloque os grão de millet e abanando sempre a frigideira, aqueça-os durante 1 a 2 minutos. A intenção é só mesmo aquecê-los e não tostá-los. Retire-os imediatamente da frigideira.
Coloque a água ao lume com sal e o azeite. Junte-lhe os grãos de millet e deixe-os cozinhar destapados até ficar sem água. Apague o lume e mexa o millet com um garfo para ficar soltinho.
Guarneça com coentros e sirva.

Bom apatite!


12 comentários:

  1. Sara, fiquei mesmo contente com esta receita. Ando para testar o millet mas tinha receio, vou seguir o teu truque e ver se me desenrasco :D
    Beijinhos grandes e até logo ;)

    ResponderEliminar
  2. Acreditas que ainda não experimentei o millet! Tenho mesmo que o fazer, está visto! Já está na lista de compras!

    ResponderEliminar
  3. Olá,

    descobri o seu blogue por acaso na procura de perceber o que era Millet. Tem receitas muito interessantes :)
    Fiquei curiosa em experimentar este cereal. Onde se pode comprar?

    Um beijinho.
    Sofia
    www.paladarescompanhia.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sofia,

      ainda bem que descobriu o millet, é tão bom!
      Pode comprá-lo em lojas de produtos naturais, mas alguns grandes supermercados tb já têm.
      Espero que goste.

      Bjeinhos

      Eliminar
  4. o meu costumava ficar espapaçado, mas experimentei esta técnica que aqui sugeres e resulta muito bem! o millet fica solto, tipo cuscus. obrigada :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! Comigo acontecia o mesmo, mas desta forma resulta sempre :D beijinhos

      Eliminar
  5. Olá, eu sou nova nesta culinária saudavel com quinoa, millet, cuscuz, chia e estou a gostar destas suas dicas, na verdade eu fiz uma quinoa um pouco espapaçada e quero perceber um pouco mais disto

    ResponderEliminar
  6. Olá, na embalagem diz que é preciso lavar, não precisa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mila, eu não costumo lavar, mas se quiser pode fazê-lo.
      Nesse caso aconselho mesmo a secar na frigideira antes de o cozer.
      abraço

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Olá Eliane, é uma chávena de chá, ou uma cup em inglês :)

      Eliminar

LinkWithin

”related