18 de março de 2013

Miminhos de alfarroba para o pai


Para o meu pai, que  é um grande comilão de bolachas, ofereço um miminho mais saudável que tenho a certeza que vai adorar!

Obrigado por estares sempre comigo, por me ouvires, por me dares o ombro, por me dares um sorriso, por me dares o amor incondicional!




Para o meu Pai e para todos os Pais, desejo um dia muito feliz!





Bolachas de alfarroba
(rende 10 bolachas)

70g de farinha de trigo
60g de flocos de aveia finos
20g de coco ralado
15g de farinha de alfarroba
1/4 de colher de chá de fermento
1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
20 ml de óleo de girassol
30 ml de geleia de agave
pitada de sal
leite de soja q.b.

Triture a aveia na picadora. Não deve ficar em farinha, é só mesmo para quebrar os flocos. 
Numa frigideira anti-aderente leve-a a tostar ligeiramente, mexendo sempre. Retire do lume e reserve.
Numa tigela junte as farinhas, o coco, o sal, o fermento, o bicarbonato e a aveia. Mexa.
Junte o óleo e a geleia. Se a consistência ficar muito seca, acrescente uma colher de chá de leite (para mim bastou).
Enrole a massa em película aderente e leve ao frigorífico durante 1 hora.
Ligue o forno a 180ºC.
Forre um tabuleiro com papel vegetal. 
Estende a massa com um rolo de modo a ficar mais ou menos com 0,5 cm de espessura.
Corte em forma de bolachinhas e leve a cozer mais ou menos 10 minutos, conforme o forno. 
(as minhas cozeram um bocadinho a mais)
Retire e coloque numa rede a arrefecer.

Bom apetite!
 
Adaptado daqui


18 comentários:

  1. Devem ser deliciosas :D Tenho farinha de alfarroba na dispensa, por isso vou experimentar :D

    Beijinhos e tem uma óptima semana! :D

    ResponderEliminar
  2. Adoro alafarroba e com os restantes ingredientes escolhidos estes miminhos devem ter ficado uma delicia! Um pai sortudo por receber miminhos como estes :)

    beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  3. Também vou fazer uma prendinha caseira ao meu pai :)
    E estas bolachas vou experimentar de certeza, têm óptimo aspecto e gosto tanto de alfarroba! :D

    **
    Patrícia

    ResponderEliminar
  4. Ola Sara

    Que delicia de bolachinhas, aposto que o teu pai adorou!!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito dessa versão, também tenho uma versão de bolachas de alfarroba lá no meu blog que também são uma delicia, alias adoro alfarroba :-)

    Bjks
    http://saboresleveslena.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. as tuas tb devem ser ótimas, a experimentar de certeza!

      Eliminar
  6. Oh, não me lembrei de oferecer bolachinhas ao meu pai... Mas é uma prenda tão querida :) Gostei muito da sugestão!

    Beiijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Márcia,

      ainda podes fazer, de certeza que o teu pai n diz q não

      bjinhos

      Eliminar
  7. Sarinha,

    Que lindas bolachinhas, mesmo como eu gosto!!

    De certeza que o teu pai está cheio de orgulho da filha linda que tem!!!

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  8. O teu pai deve ter adorado... eu adorei e levei comigo, kiss

    ResponderEliminar
  9. Eu adorei, e o teu pai também deve ter adorado.
    Que curioso, o meu pai só se encantou por uns biscoitos com alfarroba.
    Adoro a alfarroba, com a aveia, o côco, o agave, tão bom e saudável.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Sara, fiz as bolachinhas e adorei, são tão boas!! :D

    Só tive um problema: a minha massa ficou tão seca que não consegui estender, até juntei mais leite do que indicaste, pelo menos umas 4 colheres de sopa e parecia ter ficado bem mas quando tirei do frigorífico e pus o rolo da massa em cima desfez-se toda aos bocados :S

    Fazes ideia do que terá sido? Fiz a receita tal e qual como aqui colocaste... (tive de fazer umas bolachas mais gordas, juntei os bocados numa bolinha e achatei, ficaram excelentes mas gostava de poder cortá-las fininhas como as tuas)

    beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)

      não sei o que poderá ter sido, às vezes até a própria temperatura do ar. Mas a minha massa tn era seca, caso contrário não estendia tão fininha. Mas tenho certeza que mesmo mais gordinhas devem estar deliciosas.

      Beijinhos

      Eliminar
  11. Olá :)
    Decidi experimentar esta receita mas tive que fazer umas pequenas alterações com o que tinha em casa (farinha integral, margarina, mel). No final tb obtive uma massa muito seca e como não tinha leite de soja decidi apenas colocar água até obter uma textura "aceitável". Ficaram muito boas :))

    Parabéns pelo blog*****
    Raquel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raquel, fantástica a maneira como se "desenrascou", adoro esses improvisos :D
      Obrigado
      bj

      Eliminar

LinkWithin

”related