9 de outubro de 2016

Puré de millet (vegan, sem glúten) . Millet mash (vegan, gluten free)

{scroll down for english version}

Não sou uma fã de batatas, como aliás se vê pela sua ausência no blog. Sinceramente não me dizem nada, nem fritas, nem cozidas, mal a mal no forno. Tenho-as sempre no cesto da cozinha, mas raras são aquelas que não acabam por grelar, ou pior ainda, apodrecem, deixando pela casa um dos piores cheiros que já senti!
Esta é mais uma daquelas receitas que não entendo porque não a partilhei mais cedo, acho que por se ter tornado tão habitual acabei por não lhe dar a devida importância.
Aprendia-a há muito tempo, enquanto andava a estudar, na disciplina de Macrobiótica. A ideia de fazer um puré cremoso sem recorrer às batatas pareceu-me genial, e desde então tornou-se o "meu" puré.
Ao longo do tempo fui adaptando a receita original ao nosso gosto, mas a sua essência está lá. Millet e couve flor cozidos e passados até ficarem num puré cremoso e aveludado. Se tem o mesmo sabor que o de batata? Como é óbvio não, mas é bastante semelhante. Arrisco até a dizer que se bem temperado, os mais distraídos comem e nem dão conta que não é o convencional.



É uma excelente alternativa ao puré de batata tanto como acompanhamento, como para usar num empadão.
É bem mais leve e fácil de digerir, além de ser menos calórico e mais rico em proteínas, vitaminas e minerais. Ah, e também é bem mais rápido de fazer, e fica muito bom no dia seguinte, ao contrário do original!
Já falei diversas vezes no millet aqui no blog, mas mais uma vez reforço que é um cereal óptimo para o estômago, fácil de digerir, sem glúten e que até os bebés podem consumir. Se quiser ter mais informações sobre o millet e como cozinhá-lo, veja este post.

Puré de millet
(para 2 a 3 pessoas)

1 chávena de chá de millet
1 e 1/2 chávena de chá de couve flor partida em floriculos
1 cebola média partida
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de azeite
3 chávenas de chá de água
2 a 3 colheres de sopa de leite de arroz ou outro que prefira
sal a gosto
pimenta a gosto
noz moscada a gosto

Lave o millet e coloque-o numa panela com a cebola, a couve flor, sal e a água. Leve tudo a cozer, e quando começar a ferver reduza o lume ao mínimo e tape. Deixe cozinhar durante 20-30 minutos até o millet e os legumes estarem cozinhados e macios. Acrescente o azeite.
Passe tudo com a varinha mágica ou com o robot de cozinha até obter um puré suave e cremoso. Acrescente 2 a 3 colheres de sopa de leite , tempere com pimenta e noz moscada e retifique o sal.
Volte a passar tudo de novo.
Sirva de imediato.

Millet mash
(serves 2-3)

1 cup of millet
1 e 1/2 cup of cauliflower cut into florets
1 medium onion, chooped
2 garlic cloves
2 tablespoons of olive oil
3 cups of water
2 to 3 tablespoons of rice milk or other you prefer
salt to taste
pepper to tasre
nutmeg to taste

Wash and drain the millet, then put it in a saucepan. Add the water, cauliflower, onion, and salt.
Bring to a boil and reduce the heat to the lowest simmer. Cover and cook for 20-30 minutes, until millet and vegetables are cooked.
Use an hand blender for the smoothest puree, but a food processor will work. Purée until the mixture is as smooth as you can get it. Add olive oil.
Season with pepper, nutmeg and if you want add 2-3 tablespoons of vegetable milk.
Blend again.
Serve.

14 comentários:

  1. Olá!
    Será que dá para fazer está receita na bimby? Adoro as suas receitas! ,muito obrigado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá , sim quase de certeza que sim :D
      beijinhos

      Eliminar
  2. Olá Sara,
    Muito obrigada por esta receita. Lá em casa, nós os três, adoramos puré mas evito de fazer pois não é muito saudável... Já tinha experimentado, com metade de batata e metade de couve flor. Mas agora vou fazer com o millet, que curiosamente já fiz como acompanhamento semelhante a arroz, mas não gostei muito. Vou dar uma 2ª oportunidade para saber se é desta que me conquista.
    Talvez faça hoje mesmo para o jantar e depois direi :)
    Beijinhos
    Andreia Neto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Andreia, espero que goste. O millet é muito versátil, e provavelmente ainda não acertou com uma receita para si. Experimente também salteado com legumes, é muito bom. Neste puré eu acho divinal :)
      bj

      Eliminar
  3. Boa tarde Sara! Diga-me se em vez da couve flore que é coisinha que dispenso :) se a batata doce combina na perfeição? Uma vez que é mais saudável e adoro.

    Obrigado e continuação de bom trabalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá :)
      sinceramente não sei porque nunca experimentei, mas a textura será diferente, provavelmente menos leve.
      Eu também costumo torcer o nariz à couve flor, mas aqui nem se percebe, só lhe vai dar leveza. Experimente!
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Olá Sara.
    Será que se fizer com a farinha de millet funciona de igual modo?É o que tenho em casa de momento para as papas da filhota!
    Muito obrigada pela partilha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mónica,

      nunca experimentei, mas quase de certeza que funciona. Não deve precisar de tanto tempo para cozer, suponho. Experimente e depois diga! :D
      beijinhos

      Eliminar
  5. Curioso este puré de millet. Parece ter uma óptima textura. :)
    Beijinho!!

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  6. Eu também não adoro batata, a menos que se trate de batata-doce (adoro batata-doce). Não sou muito fã de purés, mas esse parece mesmo bom! Fiquei cheia de vontade de fazer :)

    ResponderEliminar
  7. olá sara! recentemente tive alguns problemas de estômago e fui à procura de receitas que me ajudassem a ultrapassá-los. encontrei um artigo da ana galvão inspirado na macrobiótica a recomendar o millet e passei a incorporá-lo nas minhas refeições com regularidade. não sei se foi isso que ajudou (ou um casamento em que estivemos 12h nos comes e bebes, versão vai ou racha!), mas os problemas gástricos passaram! ;) beijinho

    ResponderEliminar
  8. Sara, gosto muito de millet, também o conheci na minha fase em que andava super mal do estômago.
    Eu gosto de batata, adoro fritas (mas nunca faço em casa), e adoro chips de batata doce, e batata a murro! Às vezes faço puré de couve-flor e gosto bastante, tenho a certeza que este ainda ia gostar mais, é uma boa ideia para variar.
    Sabes se conseguimos encontrar farinha de millet? Por cá nunca encontrei. Mas por aí talvez seja mais fácil. Se souberes diz-me sim?
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Confesso que sou fã assumidissima de batata, de todos os feitios e cozinhada de todas as formas, mas este puré deixou-me muito curiosa! Millet nunca falta cá em casa, gosto muito de comê-lo e é o meu alimento de emergência para os problemas gástricos. E como já costumo usar couve-flor no meu puré de batata, acho que vou mesmo experimentar isto que tem um aspecto delicioso! :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Olá Sara,
    Só neste fim de semana é que fiz este puré e gostámos muito. Mesmo o meu marido que "torce o nariz" a estas substituições disse que era bom e ele nem quis acreditar que estava a comer millet e couve flor...
    Obrigada Sara por abrir os meus horizontes para comidas + saudáveis
    Andreia Neto

    ResponderEliminar

LinkWithin

”related