8 de fevereiro de 2015

Como cozinhar a quinoa perfeita. How to cook quinoa

{scroll down for english version}

Ainda em processo de mudança de casa e a viver entre sacos e caixotes, as refeições continuam a ser bastante básicas e rápidas. Até porque a bem da verdade, neste momento só tenho a uso duas frigideiras e um tacho... tenho que anotar algures na minha mente que numa próxima vez não posso empacotar todos os tachos e panelas...
E é neste espírito de refeições simples, mas que por vezes são as que nos sabem melhor, que trago uma receita que parece tão simples mas que  me é perguntada vezes sem conta  e que provavelmente muitos não a sabem fazer: como cozinhar quinoa.

O consumo de quinoa tem vindo a aumentar por cá nos últimos tempos, e se há uns anos ninguém sabia sequer pronunciar o nome, hoje é rara a pessoa que nunca ouviu falar. E ainda bem que este pseudo-cereal vai cada vez mais fazendo parte do nosso dia a dia. 
Não me querendo alargar muito, a qinoa é uma excelente alternativa para quem não pode consumir alimentos com glúten, seja em grão ou em farinha, é rica em cálcio, fibras, vitaminas do complexo B e óleos gordos essenciais, mas sobretudo para mim, a sua grande riqueza são as proteínas e o ferro. É das melhores fontes de proteína completa de origem vegetal, ou seja, contem todos os aminoácidos necessários para o nosso corpo, coisa relativamente rara de se conseguir quando não se consomem produtos de origem animal.


Além destes benefícios, a quinoa é saborosa, prática, rápida de confeccionar e bastante versátil.
Podemos pensar nela como pensamos no arroz: pode ser simplesmente cozida, ou cozinhada com ervilhas, cenoura, salteada com legumes ou tofu ou carne, usada em saladas frias... enfim, as possibilidades são imensas.
Há no entanto vários passos na confecção da quinoa que podem torná-la mais ou menos apelativa.
Normalmente o primeiro erro a cozinhar quinoa começa logo em não lavá-la. Como tem muitas saponinas, cria um gosto amargo depois de cozinhada.
Depois é a dose de água usada: regra geral a proporção é 1:2, ou seja 1 chávena de quinoa para 2 de água.
Não deixá-la repousar é outro erro comum, assim como não soltá-la com um garfo.
Além dos passos básicos, costumo ainda tostá-la primeiro antes de a cozer, desta forma consigo intensificar o sabor e torná-la ainda mais solta depois de cozida. Não é um passo essencial, mas gosto mais assim.
Experimente e encontre a melhor maneira de fazer a quinoa, mesmo que esporadicamente não a deixe de consumir.

                          
Quinoa simples

1 chávena de quinoa
2 chávenas de água ou caldo de legumes
sal qb
1 colher de azeite

Lave a quinoa em água corrente num escorredor, durante 2 minutos, esfregando-a entre os dedos.
Numa frigideira anti- aderente aqueça 1 colher de azeite e junte a quinoa. Toste-a durante cerca de 5 minutos, até a água da quinoa ter evaporado e ela apresentar uma cor mais dourada.
Leve a ferver 2 chávenas de água com um pouco de sal. Junte a quinoa e baixe o lume. Deixe cozinhar cerca de 15 minutos, até toda a água ter sido absorvida.
Retire do lume e tape o tacho. Deixe descansar cerca de 5 minutos.
Destape e com um garfo mexa suavemente a quinoa para a soltar.Deve ver pequeninas espirais a sair das sementes.
Sirva de imediato.



Recipe in English

Quinoa

Rinse the quinoa well under cold water and drain. 
Heat a drizzle of olive oil in the saucepan over medium-high heat, and add the drained quinoa. Cook, stirring, for about 5 minutes to let the water evaporate and toast the quinoa.
Add 2 cups water and salt and bring to a boil. Cover, reduce heat to medium low and simmer until water is absorbed for about 15-20 minutes Remove the pot from heat and let stand for 5 more minutes, covered. Uncover and fluff gently with a fork.
Serve.



11 comentários:

  1. Olá Sara! agora nem tenho comprado, está super cara... Habituei-me a fazer a receita da Vaqueiro e gosto muito: http://www.vaqueiro.pt/receitas/detalhe/3500/quinoa-com-especiarias

    ResponderEliminar
  2. Também uso o mesmo método e também tenho um post com quinoa para publicar esta semana :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito de quinoa e procuro consumir com alguma frequência, embora os preços sejam exageradamente caros, eu acho.
    Também costumo lavar a quinoa antes de cozer. Este post é muito útil, pois aposto que há pessoas que ainda nem sequer ouviram falar na quinoa e nos seus benefícios.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Este post está fantástico e é muito útil :) eu costumo usar o mesmo método também para cozinhar millet que é mais barato mas não tão poderoso, como bem referes. Como sou sensível ao glúten, a quinoa é um alimento essencial na minha alimentação. Dá muita energia! Obrigada por partilhares :)

    ResponderEliminar
  5. Gosto de todo o tipo de cereais e sementes mas quinoa nunca comi. Preciso de ferro pois tenho uma anemia crónica e mesmo tendo cuidado com a alimentação os valores estão sempre muito baixos.
    Tenho de comprar..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimente beterraba crua. Um bocadinho todas as manhãs (fica óptima em sumos triturados de manga ou pêssego ou maçã e costumo ainda juntar cenoura em alguns destes). Depois dos sumos até me habituei a juntá-la simplesmente aos cereais (granola caseira).
      Sei que não cura uma anemia crónica, mas a mim ajudou-me imenso! Não perde nada, certo? ;)

      Eliminar
  6. Tenho que experimentar quinoa e este post aumentou-me a curiosidade.

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    feedly - bloglovin' - Facebook



    ResponderEliminar
  7. Eu adoro quinoa, a primeira vez que ouvi falar dela ainda nem tinha blog, foi no tempo em que estava a fazer uma pós.graduação em Lisboa e tinha uma amiga que não podia comer nada de arroz e massas e optava por comer quinoa nas refeições mais aconchegantes. Eu fiquei logo intrigada e curiosa claro!
    Gosto desse truque de a tostar antes, vou experimentar da próxima vez.
    Boas mudanças! Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Excelente post, acho super útil este tipo de publicações, as bases são a essência de qualquer prato bem sucedido.
    Já respondi à tua questão sobre a farinha de banana ;)

    beijinhos
    Joana

    ResponderEliminar
  9. Já experimentei quinoa e sinceramente não gostei muito. Também não fiz como tu fazes, é certo. Por isso, acho que lhe vou dar mais uma hipotese :)
    Obrigada pela partilha
    Beijinho

    ResponderEliminar

LinkWithin

”related