Bolo de cenoura vegan com creme de caju

14 de abril de 2019


A chegada da Páscoa para mim é aquele marco que significa que o Inverno finalmente se foi e a Primavera está  a dar os primeiros passos. É o renascer das flores e folhas nas árvores, os campos estão cobertos de ervas de um verde vibrante, surgem as primeiras borboletas e até nas pessoas se nota um  ânimo diferente.
De facto, a Primavera tem uma energia ascendente, basta observar o que nos rodeia e sentirmos o nosso corpo. Se repararmos bem, é isto que celebramos na Páscoa: a morte e o renascimento. Não interessa se somos ou não religiosos, esta é uma celebração transversal a muitos credos e culturas. 
Este ano celebro a Páscoa com este maravilhoso bolo de cenoura com creme de caju
A massa do bolo é deliciosa, húmida e feita com farinha de espelta integral. O uso de puré de maçã e da cenoura ralada faz com que os ovos não sejam necessários, tornando este bolo vegan.
O creme de caju é qualquer coisa do outro mundo e combina na perfeição com a massa do bolo. Não é obrigatório , mas garanto que não se arrependem se o fizerem. É uma excelente alternativa aos cremes que normalmente se usam paa cobrir os bolos.
Seja para a Páscoa ou para outra ocasião ou apenas porque lhe apetece, não deixe de experimentar este bolo.





Bolo vegan de cenoura com creme de caju

Bolo
240g de cenoura ralada
240g de geleia de agave
100g de puré de maçã sem açúcar (caseiro ou de compra)
50ml de azeite
300g de farinha de espelta integral 
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de chá de fermento para bolos
2 colheres de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de gengibre em pó
1 pitada de sal
30g de amêndoas picadas

Ligue o forno a 180ºC.
Prepare um forma com 16 cm de diâmetro, forrando o fundo com papel vegetal.
Numa tigela misture as cenouras raladas, a geleia de agave, o puré de maçã e o azeite.
Noutra tigela misture os ingredientes secos: a farinha de espelta, o bicarbonato, o sal, o fermento, as especiarias e as amêndoas picadas.
Junte o conteúdo das duas tigelas e bata tudo.
Coloque a massa na forma e alise a superfície.
Leve ao forno durante cerca de 60 minutos ou até o bolo estar cozido no centro.
Retire do forno, deixe arrefecer e só depois desenforme.

Creme de caju
300g de cajus ao natural
água q.b.
50ml de geleia de agave
120-150ml de leite de aveia ou outro que prefira
1 colher de chá de extracto de baunilha
1/2 colher de chá de canela em pó
1 pitada de sal fino

Coloque os cajus de molho com o dobro do volume da água pelo menos durante 2 horas ou então coloque no frigorífico e deixe ficar de um dia para o outro.
Coe a água dos cajus utilizando um passador e lave-os com água corrente. Deixe escorrer bem.
Coloque todos os ingredientes na picadora, excepto o leite, e pique até obter uma pasta.
Junte o leite pouco a pouco e pique até obter uma consistência cremosa suave e fácil de barrar.
Leve ao frigorífico.

Para montar o bolo
Corte o bolo em 2 ou 3 partes iguais.
Barre cada parte com o creme de caju e sobreponha-as.
Com o restante creme barre as laterais do bolo e o topo.
Pode decorar com amêndoas picadas.
Deixe no frigorífico até servir.


2 comentários:

  1. É possível substituir a geleia de agave por outro ingrediente, como mel ou outro? E a quantidade a utilizar será a mesma?
    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Maria, sim pode usar outro adoçante, mel, geleia de arroz, xarope de ácer. Use a mesma quantidade :)
      beijinhos

      Eliminar