Bolachas de cenoura (vegan, sem glúten)

20 de junho de 2022


Ponha a mão no ar quem acha que cenouras ficam maravilhosas em sobremesas!
Eu cá adoro, e desde que recebi há uns meses um caixote imenso de cenouras, que não me sai da cabeça fazer bolachas com elas.
Como é costume comigo, as coisas tendem a arrastar-se e foi preciso a covid bater à porta para finalmente testar o que tinha em mente.


Queria umas bolachas vegan e sem glúten, daquelas crocantes  e com a cenoura a ser a estrela. Fiz várias versões e consegui aquilo que pretendia.
São bolachas simples, despretensiosas, sem cremes nem rodeios que guardamos no frasco e permanecem boas durante semanas.



A cenoura é a estrela mas pode juntar canela, casca de laranja ou de limão porque são sabores que a complementam na perfeição.
A receita é simples e caso queiram fazer algumas alterações deixo abaixo nas notas as sugestões.

Se em vez de bolachas preferirem uns biscoitos mais suaves, daqueles que nos confortam, então vejam esta receita aqui 





Bolachas de cenoura
(rende cerca de 28 bolachas)

100g de cenoura ralada
30g de óleo de coco derretido
30g de geleia de arroz
100g de farinha de aveia (sem glúten)
100g de farinha de amêndoas
60g de açúcar de coco
1 colher de chá de canela
raspa de 1 laranja (opcional)
1 pitada de gengibre em pó (opcional)
1 pita de sal fino

Numa tigela misture muito bem os ingredientes secos: as farinhas, as especiarias, o açúcar de coco e a raspa da laranja se estiver a usar.
Acrescente os restantes ingredientes: a cenoura ralada, a geleia e o óleo de coco.
Misture tudo até obter uma massa suave e homogénea. Deve despegar das paredes da tigela.
Leve ao frigorifico durante pelos menos 1 hora.
Pré-aqueça o forno a 170ºC ( sem ventoinha).
Retire a massa do frigorífico, estenda-a com o rolo da massa e corte as bolachas na forma que pretende.
Coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno durante cerca de 20 minutos ou até começarem a ficar douradas nos bordos.
Retire, deixe arrefecer numa rede e guarde-as num frasco depois de frias.


NOTAS

- pode substituir o açúcar de coco por xilitol ou açúcar normal 
- a geleia de arroz pode ser substituída por geleia de agave, de tâmaras ou mel ( não vegan)
- use as especiarias que mais gostar ou se quiser não use nenhuma


1 comentário:

  1. Creio que irei amar esses biscoitos e aceitar sua sugestão para substituir a geleia de arroz por mel. Gratidão e um abraço!

    ResponderEliminar